Projeto no bairro da Caximba promete gerar energia em Curitiba

O bairro da Caximba é um ex lixão da cidade de Curitiba, e após sua transformação será capaz de levar energia para a região do Paraná através de uma pirâmide solar.

Com o apoio do programa Curitiba Mais Energia, a cidade paranaense ganhará um nova usina pública com o objetivo de gerar uma energia limpa e renovável.

Além dos painéis fotovoltaicos, o funcionamento da usina será movido a biomassa e com uma potência de 5 MW para abastecer a estrutura.

A pirâmide solar da Caximba tem uma parceria com a prefeitura de Curitiba e a Copel, a aprovação do documento foi feito ontem (04/03).

Por meio de uma solenidade com a presença do Prefeito Rafael Greca e o Diretor-Presidente da Copel, Daniel Pimentel Slavierio, o acordo foi firmado.

“Curitiba tem a luz em seu nome de batismo e a nossa devoção é à luz”, falou o prefeito emocionado com essa conquista.

Na presença da Primeira Dama e do diretor da Copel, Greca acrescentou: “E a rapidez com que o Governo do Estado, por meio da nossa Copel, acolheu a proposta do município nos permitirá fazer história”.

Além do Prefeito, Daniel Pimentel também acrescentou algumas palavras de agradecimento: “Tudo isso para transformar o antigo aterro em um grande símbolo de progresso e que vai continuar contribuindo com o desenvolvimento da nossa cidade”.

Sobre o investimento

De acordo com as informações da secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Oliveira Dias, a realização do projeto já está em andamento e previsto para terminar até o final de maio.

O investimento teve um total de R$ 31,5 milhões, o que corresponde uma colaboração de 49% da Copel e os outros 51% do próprio município.

A usina foi aprovada pela chamada publicada 001/2019 da Copel, que permite o uso de uma geração distribuída de energia através das Normas 482 da ANEEL.

Sobre o funcionamento da usina

A Unidade do projeto corresponde a uma pirâmide com painéis fotovoltaicos que atende uma potência de 3,5 MW.

E uma Unidade movido a Biomassa, que corresponde uma potência de até 1,5 MW e aproveitamento de resíduos vegetais.

Totalizando uma potência de 5MW instalada, a produção anual de energia será em média de 18.600 MWh.

Sendo assim, servirá tanto para a compensação de consumo de energia, como para o consumo de 43% da população do município.

“Com uma área que já representou um passivo ambiental, vamos trazer luz e energia para Curitiba. São iniciativas urgentes e de que o planeta precisa”, concluiu a secretária Marilza.

Gostou desse post? Então não deixe de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Entec Solar

Entec Solar é uma empresa especializada em fornecimento, instalação e manutenção de sistema solar fotovoltaico, além de oferecer uma capacitação completa de energia solar fotovoltaica.

Estamos a alguns anos no mercado e nossa garantia é comprovada já em nosso primeiro atendimento ao cliente.

Também realizamos um estudo aprofundado para garantir o melhor resultado, junto a uma equipe especializada.

Garantimos o alto nível de qualidade e confiabilidade do Brasil. Entre em contato conosco pelo telefone 41 3209 3101 ou acesse www.entecsolar.com.br

0 Comentários